Praiario - Conheça a situação da balneabilidade das águas da orla carioca.

Em meados de 2016 a Dap, em parceria com os pesquisadores do Laboratório de Hidrobiologia da UFRJ desenvolvem o website Praiario.com. Um sistema inovador que indica a situação da Balneabilidade da orla carioca.

O que é baneabilidade ?

Balneabilidade é a qualidade das águas destinadas à recreação de contato primário, ou seja, a capacidade que um local tem de possibilitar o banho e as atividades esportivas em suas águas.
Desta maneira os pesquisadores do laboratório investigam informações oficiais divulgadas pelo INEA e sistematizam toda a informação em um belo mapa interativo. Também é apresentado dados históricos sem a pretensão de previsão a condições futuras.


Fonte: Praiario.com

Como a Balneabilidade é avaliada ?

Segundo os critérios estabelecidos na Resolução 274/00 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), as praias são classificadas em relação à balneabilidade, em 2 categorias: Própria e Imprópria sendo que a primeira reúne 3 categorias distintas: Excelente, Muito Boa e Satisfatória.Essa classificação é feita de acordo com a quantidade de bactérias fecais encontradas nas amostras.São utilizados dados sobre a qualidade sanitária coletadas e analisadas pelo Instituto Estadual do Ambiente – INEA. Amostras foram coletadas semanalmente em até 60 praias do litoral do Rio de Janeiro, Niterói e na Baía de Guanabara.

A avaliação dos padrões de balneabilidade, em geral, é baseada nos coliformes fecais ou coliformes termotolerantes (CF) e Enterococcus (ENT) que, apesar de não patogênicos, são encontrados em grandes quantidades nas fezes humanas, e ainda são mais resistentes que outros microrganismos, e são facilmente detectados. São, portanto, considerados bons indicadores para a poluição por esgotos domésticos, e muitos países os utilizam para essa finalidade.

O que significa seus resultados ?

Uma praia considerada “Própria” necessita apresentar, no máximo, 1000 coliformes termotolerantes em 80 % de um conjunto de amostras obtidas em cada uma das cinco semanas anteriores, colhidas no mesmo local. Quanto menor o número de coliformes, mais bem classificada ela se torna (satisfatória, muito boa e excelente, o que não é detalhado no boletim do INEA).

Uma praia é considerada “Imprópria” quando no trecho avaliado é verificada uma das seguintes ocorrências:

  • Não atendimento aos critérios estabelecidos para as águas próprias;
  • Valor obtido na última amostragem for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mililitros;
  • Incidência elevada ou anormal, na Região, de enfermidades transmissíveis por via hídrica, indicada pelas autoridades sanitárias ;
  • Presença de resíduos ou despejos, sólidos ou líquidos, inclusive esgotos sanitários, óleos, graxas e outras substâncias, capazes de oferecer riscos à saúde ou tornar desagradável a recreação;
  • Floração de algas ou outros organismos, até que se comprove que não oferecem riscos à saúde humana;
  • Outros fatores que contra-indiquem, temporária ou permanentemente, o exercício da recreação de contato primário.


Assesibilidade

O sistema é desenvolvido em google fusion tables e é assesivel de desktop e mobile.
Periodicamente a equipe do laboratório atualiza o banco de dados, o mapa interativo é de fácil entendimento, apresentando simbologia simples e análoga a um semáforo, este foi o primeiro contato da Dap com desenvolvimento de mapas interativos


dapweb
Felipe Paranhos
Equipe Dapweb

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2011) CRbio 96.148. Coordenou o setor de Planejamento Ambiental no Instituto Terra de Preservação Ambiental - ITPA , instituição do terceiro setor, atuando em recuperação de áreas degradadas e conservação de áreas protegidas. Realizando atividades de coordenação de projetos, planejamento ambiental, sistemas de informações geográficos, pagamento por serviços ambientais, desenvolvimento rural sustentável, gestão de recursos naturais, levantamento fundiário, monitoramento ambiental. Em 2017 fundou a Dap e atualmente realiza com levantamentos topográficos, aerofotogrametria com drones e desenvolvedor de sistemas webgis.